Notebook X

Como conectar o celular no notebook: dicas práticas

Saber como conectar o celular no notebook é de extrema importância para transferir dados e arquivos. Dessa maneira, esteja ciente de que a tarefa permite enviar fotos, vídeos, prints e outras informações ao aparelho.

De tal forma que acaba sendo muito vantajoso e serve para que sejam realizados backups de segurança. Então continue lendo o artigo para compreender como é feita essa conexão de modo correto.

Como é feita a conexão do celular a um computador ou notebook?

Você deve saber que um celular moderno tem configurações que permitem com que ele seja acoplado a um outro dispositivo. Desse modo, saiba que um computador ou notebook pode ser conectado a ele para transferência de dados.

Ao passo que um Smartphone, iPhone ou outro tipo de celular estará apto a desempenhar essa função. Desde que o aparelho que irá receber as informações tenha a entrada USB.

Por certo, compreenda que conectar o celular no notebook é bem simples. De tal modo que muitos são reconhecidos automaticamente pelo sistema do computador ou notebook.

Com isso, entenda que é como se você estivesse utilizando uma espécie de pendrive ou HD externo. Onde a conexão é feita colocando o cabo USB na máquina e aguardando que ele seja reconhecido.

Contudo, esteja ciente de que alguns modelos de celulares possuem restrições de acessos. Como resultado disso, será necessário conceder essa permissão de modo manual modificando algumas configurações simples.

Mesmo assim, a tarefa de conectar o celular no notebook não costuma ser difícil. Sendo que na grande maioria é só ligar o cabo no equipamento e começar a fazer as transferências de dados.

Conectando um celular Android no notebook

O primeiro tipo de aparelho a ser explicado será o que contém sistema Android. Nesse caso, compreenda que o primeiro passo será conectar o seu Smartphone (celular) na entrada USB utilizando o cabo específico dele.

Em seguida, é possível que o aparelho mostre uma mensagem ao usuário. Que consiste em “Permitir acesso aos dados do telefone?”. Então, você clica no item “Permitir” para que possa começar o processo.

Agora se não houver mensagem é só seguir os outros procedimentos que a plataforma exigir. Acesse a parte do menu onde estão as notificações e escolha a opção “USB para transferência de arquivo”.

A fim de conectar o celular no notebook e enviar os dados esse procedimento deve ser feito corretamente. Nisso, você seleciona o item “Transferindo arquivos / Android Auto”.

Volte ao computador/notebook e efetue um clique em um ícone chamado de “Explorador de Arquivos”. Ou seja, o famoso “Windows Explorer” onde ficam as pastas e arquivos da máquina.

Localize a opção conhecida como “Este Computador” e faça um clique em um ícone que parece um celular. Geralmente o nome do aparelho estará escrito e ficará mais simples de identifica-lo na lateral esquerda da tela.

Em seguida, clique duas vezes no ícone que se parece com um HD, que nada mais é do que o próprio aparelho celular. Vá até a Pasta “Pictures”, onde todas as suas fotos e vídeos estarão armazenadas.

Agora basta copiar os arquivos desejados e fazer a colagem deles dentro de uma pasta no computador. Certamente, conectar o celular no notebook e transferir as informações não é tão difícil sabendo os passos a serem seguidos.

Leia também: Como acessar o WhatsApp Web pelo notebook, PC e mobile

Conectando o iPhone em seu computador ou notebook

Como conectar o celular no notebook dicas práticas
Como conectar o celular no notebook dicas práticas

No iPhone você também consegue fazer a transferência de modo simples e prático. Uma vez que a diferença fica por conta do aparelho da Apple ser um pouco mais seguro.

Assim, saiba que para fazer isso será preciso:

  • Efetue a conexão do seu aparelho celular no PC ou notebook;
  • Para isso use o cabo USB que é ideal para a tarefa;
  • A mensagem “Permitir que este dispositivo acesse fotos e vídeos?” aparecerá;
  • Toque no item “Permitir” para autorizar o processo;
  • No computador será necessário abrir “Explorador de Arquivos”;
  • Localize seu dispositivo “Apple iPhone”;
  • Clique duas vezes usando o mouse em um diretório chamado de “Internal Storage”;
  • Que nada mais é do que o ícone maior com formato de HD;
  • Ao abrir localize a pasta chamada DCIM;
  • Haverá dentro dela ou as imagens ou uma pasta de nome “100Apple”;
  • Dentro estarão todas as fotos e vídeos.

Então, você só precisa copiar as imagens colocando-as onde achar mais pertinente. Nisso, saiba que conectar o celular no notebook é simples e exige apenas encontrar o caminho onde os arquivos estão guardados.

Leia também: Como diminuir o brilho do notebook: economize energia

Conclusão

A tarefa de conectar seu celular em um notebook ou computador é bem simples atualmente. Já que o USB surgiu para fazer com que ficasse mais rápida a conexão e sem muitas exigências técnicas.

Mesmo em aparelho que solicitem permissão o processo não tem segredos. Bastando apenas saber exatamente onde ficam localizadas as fotos e vídeos que estão no armazenamento interno do aparelho.

Assim, compreenda que conectar o celular no notebook pode ser feito usando apenas o cabo específico. Conectando o mesmo diretamente na porta USB que se encontra no computador ou mesmo no notebook.

De fato, entenda que fazer backup é fundamental, inclusive para evitar perder informações que sejam relevantes. Em modelos de celulares que exigem acesso é necessário um conhecimento padrão.

Que consiste em direcionar o aparelho para que o sistema operacional do notebook possa reconhecer as pastas. Visto que alguns Smartphones podem esconder os arquivos até que seja liberado o uso da transferência por USB.

Ou seja, mesmo conectando na porta USB, os dados não vão surgir logo de início. Fazendo com que o usuário ative as funções ensinadas acima para que as pastas possam ser exibidas no Windows Explorer.

Portanto, conectar o celular no notebook requer apenas o uso do cabo USB. E as configurações que liberem as informações conforme o esperado. Não se esqueça de sempre fazer backups dos dados para não perder fotos, vídeos e documentos importantes.

Outros artigos